Buscar

Infecções Urinárias - como tratar?


Quem já teve uma infeção urinária, reconhece bem os sintomas que tanto desconforto trazem ao nosso organismo. A maioria das infeções resulta da invasão e da multiplicação de bactérias que causam uma inflamação na bexiga, e em casos mais graves podem mesmo afetar os rins.


Ardor ao urinar, vontade frequente de urinar, sensação de bexiga cheia, urina em pingos, urina com cheiro intenso ou com sangue, dor pélvica e febre, são alguns dos sintomas que imediatamente nos avisam que algo não está bem.


Muitas vezes, o próprio corpo consegue combater esta infeção mas quando os sintomas persistem o indicado é procurar ajuda profissional.


Principais Causas:


Aguentar a bexiga cheia

A urina ajuda a limpar as paredes da uretra e desta forma elimina as bactérias protegendo a bexiga. Quando "aguentamos o xixi" durante várias horas estamos a impedir que este procedimento (que é normal no nosso corpo) aconteça tornando o ambiente propício para o desenvolvimento das bactérias.


Higiene íntima

Para higienizar a região íntima, deve-se sempre limpar de frente para trás para evitarmos qualquer contacto com as bactérias existentes no ânus, provenientes do intestino.


Beber pouca água

Beber pouca água durante o dia não nos ajuda a produzir líquido suficiente para limparmos o organismo, ou seja, quando não ingerimos uma quantidade suficiente de água, o corpo deixa de produzir urina e como não existe vontade de ir á casa de banho, não expelimos as bactérias, pelo contrário.


Pensos Higiénicos e Tampões

Quando estes protectores menstruais ficam sujos , facilitam o ambiente para o desenvolvimento de bactérias que, se permanecerem algum tempo, podem atingir a bexiga provocando uma infeção urinária.


Cuidados a ter para evitar infeções urinárias:

  • Evite a utilização de pensos diários - em caso de menstruação, esteja atenta e troque o seu protector intímo sempre que possível;

  • Utilize cuecas de algodão;

  • Não aguente a bexiga cheia;

  • Beba muita água;

  • Utilize sabonetes de origem biológica;

  • Sempre que tiver relações sexuais, vá urinar e higienize-se;

  • Higienização sempre de frente para trás;


Alimentação

Evite alimentos ácidos como a laranja, o kiwi e o ananás. Também já sabemos que produtos ricos em açúcar são óptimos para a sobrevivência das bactérias de má qualidade. Retire da sua alimentação lacticínios, picantes, cafeína, enchidos e carnes vermelhas. Elimine os refrigerantes e bebidas com álcool.


Nestes dias opte por uma alimentação mais cuidada e equilibrada e aposte em vegetais e leguminosas acelga, beterraba, cenoura, aipo, pepino e espargos.


O que podemos fazer em casa para aliviar os sintomas e ajudar a combater uma infeção urinária?


Banho de Assento

Os banhos de assento podem ser uma grande ajuda no alívio imediato dos sintomas e também no combate à infeção.

Para as infeções urinárias pode realizar um banho de assento de tanchagem, barbas de milho, eucalipto, folha de abacate e alfazema.

Pode optar por realizar uma infusão de todas estas plantas em conjunto (usando a mesma quantidade em cada um) ou então escolher apenas um. Lembre-se que para este caso em específico, o banho de assento deve ser frio.


Beber muita água e chá

Chá de barbas de milho e cavalinho


3 colheres de sopa de barbas de milho

3 colheres de sopa de cavalinha

1 litro de água


Ferva as plantas durante cinco minutos e descarte-as. Beba um litro por dia, durante 4 dias.


Lembre-se que todos os organismos são diferentes, por isso a melhor solução será sempre marcar uma consulta para garantir um acompanhamento especializado e adequado.

Na Clínica Tâmara Castelo, esperamos por si.

#oconsultoriodatamara






715 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo