Buscar

A energia feminina - os ciclos naturais da mulher


Na Medicina Tradicional Chinesa, a energia feminina move-se em ciclos de sete anos, ou seja, de sete em sete anos o ciclo muda e a energia transforma-se.

Neste artigo, vamos compreender os ciclos e aprender a encontrar o nosso equilíbrio em cada um.



Primeiros três Ciclos - entre o nascimento e os 21 anos

O corpo está em crescimento e necessita de muita energia e sangue.

Os órgãos envolvidos nestes ciclos são os rins, o fígado, o baço e o coração. É importante referir que, em MTC, os rins são o centro da energia, onde o nosso corpo vai buscar a energia vital que necessita para crescer.


Quarto Ciclo - dos 21 aos 28 anos

O coração começa a ter um impacto importante, pois o despertar da energia feminina começa nesta fase.

As mulheres param de crescer a nível físico e é nesta fase que a sua energia atinge um novo ápice – a fertilidade. E, como as hormonas estão com níveis muito altos, nesta fase podem existir frequentes alterações de humor, desregulação menstrual e ansiedade.


O exercício físico é fundamental para gastar energia e ajudar a controlar o humor e a ansiedade. Também é muito importante a alimentação e optar por alimentos que promovam a libertação de serotonina e que ajudem a controlar o stress - banana, alface, mel, maçã, amêndoas. Superalimentos como Camu Camu, Cânhamo e Clorela também podem ajudar nesta fase.


Quinto Ciclo - dos 28 aos 35 anos

É dos ciclos mais importantes para a energia feminina, pois é nesta fase que a maioria das mulheres gera vida.

Neste fase, o baço/pâncreas começa a enfraquecer e diminui a produção de sangue, o que faz com que apareçam as primeiras rugas.

No final deste ciclo os níveis de sangue e a energia relacionada com a fertilidade começam a diminuir causando uma mudança significativa no funcionamento do corpo e no seu aspeto.


Neste ciclo opte por fazer exercício físico de forma moderada.

Insira na sua alimentação chocolate negro, abacate, beterraba, frutos vermelhos e chá verde.

Superalimentos: Bagas Maqui, Açaí, Bagas Goji


Sexto e Sétimo Ciclo - entre os 35 e os 49 anos

Nos três primeiros ciclos (entre os 35 e os 49 anos) a energia do fígado e do baço/pâncreas diminui muito e as suas funções começam aos poucos a declinar.

Nesta fase,é normal sentir o cabelo mais fraco, pernas inchadas, aumento de peso, retenção de líquidos, irritabilidade,insónias

afrontamentos, tristeza inexplicável, falta de energia e de concentração.


Uma boa altura para se iniciar na prática de meditação. Nesta fase, é indicado aumentar bastante a quantidade de água que bebe e optar por uma alimentação nutritiva e consciente, diminuindo o consumo de trigo, de carne, de lacticínios e bebidas alcoólicas.


Oitavo, Nono e Décimo Ciclo - entre os 49 anos e os 70 anos

O organismo tem muita dificuldade em expelir as toxinas, diminuindo os níveis de energia fazendo com que o corpo fique numa paragem metabólica onde existe uma enorme dificuldade em perder peso e onde a visão e audição começam a deteriorar-se.

A energia sexual e mental da mulher diminui muito nesta fase da vida e surgem mais sintomas como obstipação, maior tensão muscular, dores articulares, fragilidade dentária e diminuição da densidade óssea.


Opte por umas boas caminhadas e pratique meditação. É o momento pós-menopausa em que o lado emocional e físico estão mais fracos. Optar por uma alimentação saudável e consciente nesta fase é um verdadeiro aliado de força para encontrar o equilíbrio.

1,351 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo